Os relatos de Anchieta e os primórdios do Rio

No último sábado, 6 de junho, o Centro Loyola promoveu um encontro para homenagear São José de Anchieta, conhecido como Apóstolo do Brasil. Canonizado há pouco mais de um ano, Anchieta acompanhou de perto a fundação da cidade do Rio de Janeiro. Os feitos de Mém de Sá para expulsar os invasores franceses e fundar a cidade inspiraram o primeiro livro publicado pelo padre, considerado também o primeiro poema impresso da literatura brasileira, intitulado De Gestis Mendis Saa. Na homenagem promovida pelo Centro Loyola, Gilda Carvalho, mestre em Literatura Brasileira pela PUC-Rio, falou sobre a atuação política dos jesuítas na fundação da cidade e, em especial, os relatos de Anchieta.
Após a palestra houve a celebração da Santa Missa, presidida pelo padre José Maria Fernandes, Diretor do Centro Loyola, que abençoou e distribuiu garrafinhas com água benta retirada do Poço de Anchieta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *