Ano Santo da Misericórdia

Desde o dia 8 de dezembro, a Igreja Católica está vivendo o Ano Santo da Misericórdia, apresentado através da Bula Misericordiae Vultus – o Rosto da Misericórdia, na qual o Papa Francisco convida a Igreja a olhar ainda mais por aqueles que sofrem e vivem nas mais variadas periferias existênciais. O pontífice convoca a Igreja a “cuidar destas feridas, a aliviá-las com o óleo da consolação, a enfaixá-las com a misericórdia e tratá-las com a solidariedade e a atenção devidas” (MV 15). Assim, até o dia 20 de dezembro deste ano, todas as ações da Igreja no mundo devem caminhar no sentido de mostrar a misericórdia de Deus Pai manifestada em seu Filho Jesus Cristo.

Já na primeira homília de 2016, celebrada na Basílica Vaticana por ocasião da Solenidade de Maria Santíssima, Mãe de Deus, o Papa questionou:

– Como é possível que perdure a prepotência do homem sobre o homem? Que a arrogância do mais forte continue a humilhar o mais fraco, relegando-o às margens mais esquálidas do nosso mundo? Até quando a maldade humana semeará violência e ódio na terra, causando vítimas inocentes? Como pode ser ‘tempo da plenitude’ quando, diante dos nossos olhos, multidões de homens, mulheres e crianças fogem da guerra, da fome, da perseguição, dispostos a arriscar a vida para que sejam respeitados os seus direitos fundamentais?

Leia a Bula Misericordiae Vultus e saiba mais sobre o Ano da Misericórdia clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *