SER + COM

Unir acompanhamento de jovens e aconselhamento pastoral não será, de nenhuma maneira, uma tarefa fácil. No entanto, diante dos desafios da cena cultural contemporânea, tampouco podemos nos eximir de apresentar um itinerário que nos incite a conjugar essas duas atitudes, visto que acompanhar supõe elaborar, conjuntamente, condições de possibilidade para indivíduos concretos, não apenas no que se refere ao contexto juvenil, privilegiado aqui, mas em termos existenciais e humanos. Nesse sentido, a proposta é oferecer pistas que nos ajudem a reconhecer os processos de enunciação que temos diante de nós, sobretudo no que diz respeito às juventudes, em seus contextos plurais e diversos. A intenção que ora desenhamos, portanto, requer de nós abertura, respeito pela alteridade e profunda sensibilidade para o acolhimento e para a cartografia de caminhos possíveis, considerando-se a situação de cada jovem, bem como a escuta e a reflexão teórico-crítica. Todo esse cuidado guiará nossas posturas orientando-nos para uma prática emancipadora que pretende desenvolver confiança e aumentar nossa liberdade recíproca, a partir de uma releitura do vivido que potencialize projetos de vida coerentes e sustentáveis.

O que desejamos

  • Acolher, acompanhar e aconselhar pastoralmente as(os) jovens em seus mais diversos processos de subjetivação.​

  • Apresentar, discutir e refletir sobre as diferentes abordagens do acompanhamento de jovens, considerando os distintos contextos e desafios relacionados com o aconselhamento pastoral.

  • Debater e oferecer pistas para o acompanhamento de jovens e o aconselhamento pastoral a partir de situações concretas.

  • Considerar possibilidades e perspectivas para o acompanhamento de jovens e o respectivo aconselhamento pastoral com vistas à elaboração de Projetos de Vida.

Programa

Proposta

A composição do cenário do acompanhamento às juventudes conta, necessariamente, com o mapeamento de condições intersubjetivas de enunciação. Por essa razão, compreender como as(os) jovens vivem e se movem, nos mais diferentes contextos, respondendo aos desafios que lhes são impostos no cotidiano, ajuda-nos a perceber melhor os fenômenos socioculturais nos quais se inscrevem, para elaborarmos, consequentemente, junto com elas(es) seus Projetos de Vida e planos de ação pastoral. O intuito, portanto, começa por perceber o ânimo e a generosidade de cada pessoa envolvida nos processos de acompanhamento, isto é, quem acompanha e quem é acompanhada(o), ponderando, na sequência, as diferentes realidades que as(os) afetam e/ ou determinam. A leitura e a partilha da reflexão crítica dos textos e documentos oferecidos servirão de contraponto para as análises práticas que serão encaminhadas todo o tempo, visto que o debate e as vivências feitas ao longo do percurso problematizam as abordagens, levantam perspectivas e ensaiam propostas pastorais.

  • As juventudes, seus contextos e desafios frente ao acompanhamento e à prática pastoral.

  • As distintas perspectivas de abordagem no acompanhamento aos jovens.

  • A pedagogia dos afetos no acompanhamento e no aconselhamento pastoral de jovens.

  • O acompanhamento e o aconselhamento pastoral de jovens à luz da teologia do Papa Francisco.

  • O discernimento como prática no acompanhamento e aconselhamento pastoral de jovens.

  • A Autobiografia e o Projeto de Vida como eixos do acompanhamento e do aconselhamento pastoral de jovens.

Os encontros pretendem desenvolver, gradativamente, os temas acima até culminarmos em alguns estudos de caso. Pediremos, por isso, aos grupos que apresentem situações que simulem possíveis acompanhamentos de jovens, contendo uma problemática, identificada com seus contextos e desafios, à espera do acolhimento e dos respectivos aconselhamentos pastorais. Cada grupo discutirá a situação desejada, analisando-a e propondo os encaminhamentos necessários. Ao final de cada apresentação, abriremos o debate para o plenário que, até então, escutava sem se manifestar.

Será, portanto, uma ocasião para aprofundarmos as reflexões a partir de cada temática, além de manifestarmos nossas contribuições e dúvidas, além de um profundo respeito e acolhida às situações trazidas para apreciação. Por essa razão, não se trata da mera teatralização ou da exposição de conflitos de quem quer que seja. Cuidemos que seja, assim, um momento de crescimento pessoal e humano, em suas mais variadas dimensões, em que cada um de nós assuma um compromisso ético que reverbere de maneira contundente na transversalidade de nossas relações.

WhatsApp Image 2022-09-08 at 13.45.07 (2)
WhatsApp Image 2022-09-08 at 13.45.10
WhatsApp Image 2022-09-13 at 15.15.53 (1)
SAM_0560
  • O acompanhamento e o aconselhamento pastoral de jovens à luz da teologia do Papa Francisco.

  • O discernimento como prática no acompanhamento e aconselhamento pastoral de jovens.

  • Situar a(o) jovem num contexto específico de enunciação (origem, idade, gênero etc.).

  • Salientar os encaminhamentos e os aconselhamentos pastorais.

  • Levantar questões e/ ou possíveis dúvidas.