Exclusão Social será discutida em palestra no Centro Loyola

Desempregados, migrantes, refugiados, idosos, viciados, presidiários. Que lugar a sociedade de consumo reserva para aqueles que não produzem ou consomem? No dia 14 deste mês, o Centro Loyola de Fé e Cultura PUC-Rio organiza a palestra Vidas em Reciclagem?, na qual a psicanalista Anna Elisa Penalber irá fazer uma reflexão acerca da exclusão social que ocorre desde a modernidade. Segundo ela, a nossa sociedade exclui “todos aqueles que não possuem os códigos e as condições para estarem inseridos no mercado de trabalho cada vez mais afunilado e para se manterem sempre em movimento”.

Um dos pontos de partida do encontro é a reflexão trazida por Zygmunt Bauman. No livro Vidas Desperdiçadas, o sociólogo polonês aponta que o nosso mundo está cheio de pessoas consideradas párias da modernidade sobre as quais não se sabe o que fazer. A proposta de Anna Elisa é discutir o tema e pensar em formas de reinserção dessas pessoas na sociedade, já que está é uma realidade muito próxima. O fio condutor será a história de uma empregada doméstica chamada Tiana. Analfabeta e órfã, ela tem o perfil das pessoas que a sociedade costuma excluir.

O encontro será no sábado, 14, às 15h, na sede do Centro Loyola de Fé e Cultura, na Estrada da Gávea, 1. Para mais informações e inscrições, clique AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *