Seminário Religião e Ciência – Conjecturas sobre a Origem da Vida

Data: Quarta-feira, 21 de junho de 2017, às 17h30m.

Descrição: A origem da vida vem sendo discutida há séculos por teólogos, filósofos e pesquisadores das Ciências Naturais. Estes últimos, utilizando o chamado método científico, nos informam que o único tipo de vida que conhecemos (até agora) apareceu na Terra há cerca de 3,5 bilhões de anos e tem evoluído desde então. Descendemos de poucos ancestrais.
A nossa vida – e, presumivelmente, qualquer outra – teria se originado de átomos isolados, os quais se aglomeraram para formar compostos inorgânicos, que por sua vez permitiram a síntese dos orgânicos pré-bióticos e das proteínas. Finalmente, as células tomaram o controle do processo.
Nesta palestra serão citados em particular os trabalhos de Galileu, Wöler, Pasteur, Darwin, Oparin, Miller & Urey e dos descobridores da estrutura do DNA, como suporte lógico e experimental da afirmação acima. Será sugerido, entre as conclusões, que o grande gargalo na evolução natural da vida é a síntese de proteínas e a construção do “primeiro” RNA / DNA.
Houve intervenção de Deus nesse processo evolutivo?

Palestrante: Ênio F. da Silveira, professor do Departamento de Física da PUC-Rio. Mestrado em Física PUC-Rio, especialista em Engenharia Nuclear pela UFRJ (1965); doutorado em Doctorat d’ État ès Sciences pela Université Paris-Sud e pós-doutorado pela Texas A M University.

Local: Espaço Dom Luciano (Salão da Pastoral Universitária), subsolo da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no campus Gávea da PUC-Rio.

Entrada Franca.

INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *